FAO detecta cepa altamente patogênica da gripe das aves na Nigéria

A FAO anunciou nesta terça-feira a descoberta na Nigéria de uma cepa da gripe das aves altamente patogênica, que nunca antes foi detectada na África e que cria grandes preocupações às autoridades sanitárias por seu surgimento nesse continente, segundo comunicado da Organização da ONU para a Agricultura e a Alimentação, com sede em Roma.

AFP |

Os resultados de um laboratório da Nigéria e outro da FAO na Itá.ia mostram que a nova cepa do vírus "geneticamente diferente das que circularam na Nigéria durante os surtos anteriores em 2006 e 2007".

"Esta nova cepa não havia sido detectada na África e mais parecida com as identificadas na Europa, Ásia e Oriente Médio em 2007", afirma a agência.

Esta descoberta levanta sérias preocupações, já que não se sabe como chegaram ao continente.

"Parece improvável que os pássaros selvagens tenham transportado esta cepa mas ela teve de entrar por outras vias como o comércio internacional ou os movimentos ilegais de aves de criação", afirma a FAO.

Desde o aparecimento na Ásia há cinco anos da epidemia da gripe aviária provocada pela cepa H5N1, a doença já alcançou mais de 60 países. A grande maioria deles conseguiu eliminar o vírus entre as aves.

kd/ljm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG