chega tarde - Mundo - iG" /

Famílias das vítimas do AF 447 dizem que decisão de trocar sondas chega tarde

A decisão de substituir as sondas Pitot Thales nos Airbus A330 e A340, depois da suspeita de que uma falha nesta peça tenha causado a tragédia do voo AF 447 da Air France que matou 228 pessoas, chega tarde demais, lamentou neste sábado o presidente da associação de familiares das vítimas francesas do acidente, Christophe Guillot-Noël.

AFP |

A Agência Europeia de Segurança Aérea (Aesa) exigiu na sexta-feira que pelo menos duas das sondas Pitot Thales sejam substituidas nos Airbus A330 e A340 por sondas de outra marca.

Em entrevista ao jornal francês Le Journal de Dimanche, Guillot-Noël considerou que a iniciativa é boa, mas que "chega tarde demais".

"Me parece perturbador que tenha sido necessário ocorrer o acidente do AF 447 e os pedidos reiterados de vários sindicatos de pilotos para aplicar o princípio da precaução, quando o problema das sondas era conhecido há anos", indicou Guillot-Noël.

O presidente da associação de familiares das vítimas também acusou o Birô francês de Investigação e Análise (BEA), encarregado da perícia técnica do acidente, de ter "uma comunicação política que consiste em não tirar conclusões".

"Esta atitude não pode mais ser tolerada. Sabemos agora que as sondas Pitot causaram o acidente", acrescentou.

Na quinta-feira, a Airbus "recomendou" que as companhias aéreas substituam pelo menos duas em cada três sondas Pitot da marca Thales por modelos da americana Goodrich nos aviões A330 e A340.

il/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG