Família Jackson sabia que Lester doou esperma mas nega paternidade de Paris

A família de Michael Jackson sabia que o ex-ator britânico Mark Lester doou esperma para o músico, mas negou que seja o pai biológico de Paris, a única filha de seus três filhos, disse neste domingo à revista People uma fonte ligada à família.

AFP |

Lester, padrinho dos três filhos de Michael Jackson, disse à revista britânica News of the World deste domingo: "Dei a Michael o meu esperma para que pudesse ter filhos, e creio que Paris é minha filha".

Ele acrescentou que estava disposto a fazer o exame de paternidade.

Apesar disso, a fonte ligada à família Jackson em Los Angeles disse à People que sabiam que Lester doou esperma e que era um velho amigo do ídolo pop, morto após uma parada cardíaca aos 50 anos, em 25 de de junho em Los Angeles.

"Mudaram as suas palavras. Ele não está dizendo ser o pai de Paris Jackson", assegurou a fonte, que não foi identificada pela revista que serve como canal oficial das notícias das estrelas.

Os dois filhos mais velhos foram concebidos com a ex-enfermeira Debbie Rowe e o terceiro foi gerado por uma mãe de aluguel, cuja identidade não foi revelada.

"Em 1996, Michael me pediu se podia dar a ele meu esperma e disse que sim. Foi um presente que dei a ele, não pagou nada, foi uma honra para mim", assegurou Lester, de 51 anos, citado pela imprensa britânica.

"Sinto laços fortes com Paris e creio que haja uma possibilidade de que seja uma parte de mim", disse o ex-ator.

Lester, que tem quatro filhos, assegurou que há uma forte semelhança física entre sua filha de 15 anos, Harriet, e Paris.

Segundo o britânico, Jackson confessou a ele pela primeira vez o seu desejo de ser pai em 1996. "Creio que já tinha tentado utilizar seu próprio esperma, mas não funcionou", declarou a News of the World. Lester ofereceu sua ajuda e a doação se realizou em uma clínica em Harley Street, Londres, em fevereiro de 1996, segundo a revista.

Oito meses depois, Jackson anunciou o seu casamento com a enfermeira Debbie Rowe e, três meses depois, o casal revelou o nascimento de seu primeiro filho, Prince.

Paris nasceu um ano depois, em abril de 1998.

pb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG