Família demora 8 meses para avisar da morte de idosa nos EUA

Washington, 16 dez (EFE).- Uma americana de 88 anos passou oito meses na cama, em casa, sem que os parentes que a visitavam diariamente alertassem que estava morta, informaram hoje as autoridades da Carolina do Norte (EUA).

EFE |

Policiais citados pela imprensa local disseram que o corpo de Blanche Matilda Roth foi encontrado na terça-feira após uma chamada de emergência feita por uma pessoa que não se identificou.

As mesmas fontes informaram que provavelmente a mulher morreu em maio. Uma investigação sobre as causas da morte foi iniciada.

Segundo as autoridades, os parentes da mulher se encarregavam da limpeza, mas a Polícia não recebeu nenhuma ligação para constatar o estado de saúde da idosa.

"O estranho é que havia pessoas que entravam e saíam diariamente da casa", disse um policial. EFE ojl/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG