A escassez de alimentos na Coréia do Norte pode provocar uma tragédia se o país não receber ajuda externa, advertiu o Programa Mundial de Alimentos (PMA) das Nações Unidas.

"A situação alimentar é claramente ruim e está piorando", destacou Tony Banbury, diretor do PMA na Ásia.

"Cada vez é mais provável que faça falta uma assistência externa para evitar uma grave tragédia", acrescentou.

O PMA calcula que 6,5 milhões dos 23 milhões de norte-coreanos passam fome e que o número pode aumentar na ausência de ajuda.

sm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.