Falso alarme de bomba em hotel de Obama assusta comitiva

BERLIM - O hall de entrada do hotel Adlon, onde o candidato do Partido Democrata à Casa Branca, Barack Obama, está hospedado em Berlim, teve que ser esvaziado nesta quinta-feira por causa de um pacote suspeito, que no fim era inofensivo.

Redação com agências internacionais |

Segundo a polícia, um taxista entregou no hotel um pacote destinado ao candidato democrata.

As forças de segurança ordenaram que todos deixassem o hall de entrada do hotel para que os agentes e os cães treinados para a detecção de explosivos pudessem examinar o objeto.

A polícia, no entanto, suspendeu o alarme poucos minutos após inspecionar o pacote, já que este não continha explosivos.

Viagem pela Europa

Barack Obama começou nesta quinta-feira a etapa européia de sua viagem internacional com uma reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, na sede da Chancelaria, imagens que foram retransmitidas ao vivo por várias redes de televisão.

Merkel e Obama posaram durante vários minutos para as câmeras, mas não deram declarações em público. Várias dezenas de curiosos e turistas tinham se reunido em frente à Chancelaria para presenciar a chegada do candidato.


Obama e Merckel se encontraram nesta manhã em Berlim / AP

O escritório de informação do governo alemão afirmou que não está previsto nenhum comunicado posterior à reunião.

Além disso, o único ponto que está em sua agenda oficial é o discurso que pronunciará às 14h (Brasília) na Coluna da Vitória, situada em uma das principais avenidas da capital alemã.

Leia também:

Leia mais sobre: eleições nos EUA

    Leia tudo sobre: eleições nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG