Falsificação de remédios movimenta US$ 75 bilhões, diz diretor da Pfizer

Madri, 26 set (EFE) - A falsificação de remédios movimenta pelo menos US$ 75 bilhões, muito acima do tráfico ilegal de drogas, com a diferença de que o risco para quem comete estes crimes é muito menor.

EFE |

Esta é a estimativa do diretor de segurança global da companhia de pesquisa biomédica Pfizer Internacional, David Shore, que afirma que é "muito difícil conhecer a magnitude real do problema", embora acredite que este mercado cresça ao ano a um ritmo de 30%.

A internet se transformou no trampolim deste comércio de escala global e a Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte de que 62% dos medicamentos vendidos na rede são falsos, com a ameaça que isto representa para a saúde da população.

Segundo os prognósticos do Center for Medicine in the Public Interest, dos Estados Unidos, este mercado alcançará um volume de aproximadamente 55,5 bilhões de euros em 2010, com um aumento de mais de 90% desde 2005. EFE ad/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG