Falsa ameaça de bomba fecha aeroporto na Colômbia

Bogotá, 31 jan (EFE).- Uma falsa ameaça de bomba em um avião comercial obrigou hoje o fechamento por várias horas do aeroporto internacional Ernesto Cortizos, em Barranquilla (Colômbia).

EFE |

Segundo o gerente do aeroporto, Raúl Riveira, as operações foram suspensas a partir das 10h15 (12h15, Brasília), quando um avião da companhia aérea Aerorepública, com 99 passageiros, teve que ser esvaziado por uma ameaça de bomba por telefone.

"As autoridades não reportaram nada, então, aparentemente se tratou de um alarme falso. Já o avião tem caminho livre para decolar e (o aeroporto) voltou à normalidade", disse Riveira.

Outros voos, entre eles um da companhia aérea Avianca com destino a Miami (EUA), saíram com mais de três horas de atraso.

O comandante da Polícia de Barranquilla, Jorge Gutiérrez, confirmou à rádio local "RCN" que a torre de controle do aeroporto recebeu uma ligação dizendo que no voo 7935 da Aerorepública, que ia para Bogotá, havia uma bomba.

De acordo com ele, a aeronave foi cercada por homens da Polícia e cães treinados para detectar explosivos.

"O procedimento preventivo é evacuar o avião e proceder com uma minuciosa inspeção dos passageiros, da bagagem de mão e do bagageiro", explicou. EFE fer/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG