Falha humana causou acidente aéreo que matou 20 pessoas em janeiro na Polônia

Varsóvia, 2 abr (EFE).- O Ministério da Defesa polonês apresentou hoje o relatório no qual se confirma que o avião de transporte que caiu no dia 23 de janeiro na Polônia não apresentava problemas técnicos, e que o acidente, no qual morreram seus 20 ocupantes, foi causado por uma falha humana.

EFE |

Segundo os resultados da investigação oficial, publicados mais de dois meses depois da tragédia, as causas apontam para um erro do piloto, unido às más condições meteorológicas e a certas deficiências nos sistemas de informação da torre de controle do aeroporto militar de Miroslawiec (leste).

"O acidente evidencia uma série de negligências em nossas forças aéreas", lamentou hoje em entrevista coletiva o ministro da Defesa, Bogdan Kilch.

De acordo com as gravações da caixa-preta, o sistema do aeroporto que auxilia os aviões na aterrissagem não estava funcionando, o que motivou o piloto a tentar pousar sem contar com a ajuda em terra.

O acidente ocorreu no dia 23 de janeiro, quando o avião deixou Varsóvia com destino ao aeroporto de Miroslawiec.

A queda matou os 20 ocupantes do aparelho, 19 deles oficiais que retornavam de uma conferência sobre segurança nos vôos, incluindo um dos generais de brigada mais importantes da Aeronáutica polonesa.

EFE nt/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG