Falha em alarme contribuiu para acidente da Spanair--relatório

MADRI (Reuters) - O avião da companhia aérea Spanair que caiu durante uma tentativa de decolagem no aeroporto de Barajas, em Madri, no final de agosto, não tinha no momento do acidente suas asas configuradas para a decolagem, segundo um relatório preliminar divulgado na quinta-feira por uma comissão de investigação. Além disso, o alarme que deveria advertir os pilotos sobre a situação não funcionou, o que contribuiu para que o avião levantasse vôo por alguns segundos e depois caísse, causando a morte de 154 pessoas no pior acidente aéreo do país nos últimos 25 anos.

Reuters |

O avião, um McDonnell Douglas DC-9-82, transportava seis tripulantes e 166 passageiros com destino a Las Palmas, nas Ilhas Canárias.

A Comissão de Investigação de Acidentes e Incidentes de Aviação Civil disse em seu relatório que precisava aprofundar sua investigação para compreender por que os "flaps" e os "slats" - as superfícies móveis nas asas que permitem a sustentação do avião em velocidade reduzida - não estavam em posições corretas e por que o alarme não funcionou antes do acidente.

"O valor registrado de deflexão dos flaps foi de 0", revelou o relatório.

A aeronave havia abortado uma decolagem uma hora antes devido a um problema em uma sonda de temperatura que a Comissão não relacionou com o acidente. Na primeira tentativa de decolagem, os flaps tiveram deflexão de 11 graus.

Depois da decolagem, o MD-80 da Spanair subiu 40 pés para logo depois cair a cerca de 60 metros da cabeceira da pista e se arrastar por algumas centenas de metros.

O avião havia chegado a Madri vindo de Barcelona em um vôo que não teve problemas.

"Durante toda a gravação do CVR (caixa-preta da cabine) não foi registrado nenhum som relacionado com o sistema de alerta para alguma configuração inadequada para a decolagem", disse o relatório.

Os dois motores Pratt & Whitney da aeronave "se comportaram corretamente durante toda a sequência do acidente", ressaltou a comissão.

(Por Teresa Larraz)

    Leia tudo sobre: aviãoespanhaspanair

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG