Moscou, 17 nov (EFE) - A corporação russa Energia, fabricante das naves tripuladas Soyuz e dos cargueiros Progress, informou hoje que recebeu um empréstimo de 2,9 bilhões de rublos (83,5 milhões de euros) do banco russo Sberbank.

"A data de cumprimento da transação (fechamento do acordo) é 14 de novembro de 2008" e terá como prazo até 12 de novembro de 2010, indica a corporação em comunicado, citada pela agência oficial "RIA Novosti".

Em 24 de outubro, o diretor da Energia, Vitaly Lopota, advertiu de que a fabricação das naves tripuladas "Soyuz" poderia ser afetada por falta de financiamento.

"Se nas próximas duas ou três semanas não derem adiantamentos ou empréstimos, não poderemos assumir a responsabilidade pela fabricação das 'Soyuz'", disse Lopota.

Ele explicou que dois terços dos recursos com os quais a fabricação das naves tripuladas é financiada por empréstimos e que, até o momento, a Energia não tinha recebido os fundos necessários.

Isso se deve a que o Governo não emitiu ainda a resolução para a concessão dos empréstimos e à crise financeira mundial, destacou.

As naves "Soyuz" serão o único veículo de fornecimento e substituição de tripulações da Estação Espacial Internacional (ISS) depois que as naves americanas forem retiradas de serviço em 2010.

EFE egw/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.