Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Fábrica libanesa exporta os bombons mais caros do mundo

Beirute, 10 nov (EFE).- No atual tempo de crise econômica, uma fábrica de chocolates libanesa lançou a caixa de bombons mais cara do mundo, à venda na Inglaterra por 5 mil libras esterlinas (aproximadamente US$ 7,9 mil), talvez pelo ótimo efeito vigorante do produto, além de ele ser um bom estimulante contra a depressão.

EFE |

O jornal "Daily Star" informou hoje que a Patchi, a fábrica de chocolate mais famosa do Líbano, decidiu tornar o produto mais cobiçado e preparou uma caixa de couro bordada à mão com tecidos de Índia e China.

A pessoa que abrir a caixa encontrará 49 bombons envolvidos a mão em camurça suave, separados com forros de platina e ouro. Cada peça é enfeitada com uma flor feita em ouro de 24 quilates, um cristal Swarovsky ou uma rosa de seda miniatura confeccionada à mão.

Placas douradas dentro da caixa deixam espaço para as dedicatórias, que podem ser gravadas de modo individual.

A caixa é bonita, de aparência elegante e as cores são suaves. O produto pode ser encontrado, por exemplo, na Harrods, em Londres.

A Patchi, que foi inaugurada em 1974, seduziu os amantes do chocolate não só pelo produto, mas também por sua apresentação, e após seu sucesso abriu várias lojas pelo mundo. EFE ks/fh/jp

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG