A polícia no Estado indiano do Rajastão, no Oeste, afirma que pelo menos 18 pessoas morreram nesta quinta-feira - entre elas, oito crianças - em uma explosão de uma fábrica de fogos de artifício ilegal. Outras 20 pessoas ficaram feridas no acidente, que aconteceu na cidade de Deeg, próximo à capital do Rajastão, Jaipur, poucos dias antes do tradicional festival das luzes da Índia.

A polícia em Deeg disse que a explosão aconteceu antes de amanhecer e foi tão forte que destruiu completamente a fábrica, localizada em uma favela.

Duas casas que ficavam ao lado da empresa também desabaram. Equipes de resgate estão procurando por sobreviventes entre os escombros.

Na próxima semana, os indianos celebram o Diwali, o festival das luzes, em que milhões de pessoas iluminam suas casas e disparam fogos de artifício.

Nos meses que antecedem a festa, milhares de fábricas ilegais de fogos de artifício são criadas por todo o país. Muitas delas empregam crianças em condições precárias de segurança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.