FAB intercepta avião boliviano com 176 quilos de cocaína

Brasília, 5 jun (EFE).- Aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) interceptaram e forçaram a aterrissagem de um avião monomotor de procedência boliviana que transportava 176 quilos de cocaína, informou hoje a instituição militar.

EFE |

O Comando da FAB assinalou nesta sexta-feira que a aeronave foi interceptada na quarta-feira passada no município de Alta Floresta d'Oeste, em Rondônia.

Um dos caças brasileiros teve de realizar um disparo de advertência para forçar a aterrissagem da aeronave, que não se identificava diante dos chamados constantes dos aviões militares.

"Como ela (a aeronave boliviana) não respondeu em nenhum momento às perguntas de nosso interceptor, chegamos ao ponto de ter de fazer um tiro de advertência para que ela cumprisse as determinações da defesa aérea", assinalou o brigadeiro Gerson Machado, comandante da Defesa Aeroespacial Brasileira.

Este foi o primeiro tiro de aviso disparado desde 2004, quando se aprovou a Lei do Abate, que determina uma série de passos prévios de um procedimento que autoriza a derrubada de aeronaves suspeitas que se neguem a se identificar e aterrissar diante do chamado das autoridades.

A droga apreendida foi transferida a Porto Velho, e os dois pilotos foram encaminhados à sede da Polícia Federal (PF) na cidade de Pimenta Bueno, também em Rondônia.

Segundo a informação militar, um terceiro tripulante conseguiu escapar, e o destino final da droga ainda é desconhecido. EFE wgm/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG