Ex-vice-primeiro-ministro de Taiwan é detido por lavagem de dinheiro

Taipé, 31 out (EFE).- O ex-vice-primeiro-ministro de Taiwan Chiu Yi-jen foi detido e algemado hoje após ser interrogado durante a noite sobre um caso de corrupção vinculado ao caso de suposta lavagem de dinheiro por parte de membros da família do ex-presidente Chen Shui-bian.

EFE |

Chiu era considerado como o homem de maior confiança do ex-presidente Chen e um dos principais artífices de suas políticas, tendo ocupado o cargo de chefe do Conselho de Segurança Nacional.

No curso do interrogatório, os promotores dizem ter colhido informações que acusam Chiu de apropriação indébita de meio milhão de dólares destinados ao trabalho diplomático.

Em 2004, Chiu pediu dinheiro ao Ministério de Assuntos Exteriores para um projeto secreto e o setor de diplomacia entregou a ele cheques em branco no valor de meio milhão de dólares, que não foram justificados.

Os promotores asseguram que o projeto diplomático em questão já tinha terminado quando Chiu pediu o dinheiro, o que prova que ele se apropriou do dinheiro.

O Tribunal concordou com o pedido da promotoria de deter Chiu e mantê-lo incomunicável, para que não possa destruir ou modificar provas contra ele e a família de Chen. EFE flp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG