Extremistas judeus convocam manifestação em Jerusalém

Jerusalém, 13 mar (EFE).- Organizações extremistas judaicas convocaram para a próxima quarta-feira uma grande manifestação na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém, para pedir que os judeus possam rezar e fazer cerimônias religiosas livremente no local.

EFE |

Caso realmente ocorra, a concentração pode gerar sérios distúrbios no local, onde no último mês houve confrontos entre a Polícia e jovens palestinos. Em 6 de março, um enfrentamento deixou mais de 80 feridos.

Naquele fim de semana, o Exército israelense impôs o fechamento completo da Cisjordânia, limitou o acesso à Esplanada e reforçou a presença policial em Jerusalém Oriental, onde também houve choques.

Chamada pelos muçulmanos de Haram Al-Sharif (Santuário Nobre), a Esplanada abriga as mesquitas de Omar e al-Aqsa e é o terceiro local mais sagrado para o Islã, atrás apenas de Meca e Medina. EFE aca/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG