Ex-senador John Edwards admite que é pai da filha de ex-amante

Washington, 21 jan (EFE).- O ex-senador da Carolina do Norte e ex-candidato à Presidência dos Estados Unidos, John Edwards, admitiu hoje que é o pai da filha, de dois anos de idade, de sua ex-amante Rielle Hunter.

EFE |

Em declaração divulgada à imprensa, Edwards pôs fim a mais de dois anos de especulações sobre a paternidade de Frances Quinn Hunter.

Desde que em agosto de 2008 Edwards admitiu ter se relacionado com Hunter, o ex-senador democrata negava que era o pai da menina.

"Foi um erro ter negado que ela é minha filha e espero que um dia, quando ela compreender, me perdoe", indicou Edwards. O ex-senador acrescentou que passou algum tempo com a menina no ano passado e que continuará lhe sustentando financeiramente.

A relação de Edwards com Hunter começou em 2006 quando ela trabalhava na campanha do senador pela candidatura presidencial do Partido Democrata.

Um júri federal investiga se Edwards desviou dinheiro da campanha para pagar Hunter, em troca de a mulher manter a relação em segredo.

EFE jab/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG