Ex-secretário-geral da ONU pede justiça climática

O ex-secretário-geral da ONU Kofi Annan defendeu nesta terça-feira em Genebra uma justiça climática ao pedir aos poluidores que paguem pelos danos causados ao clima, para que os pobres não sejam ainda mais prejudicados.

AFP |

Na abertura da primeira conferência organizada pelo Fórum Mundial Humanitário, criado e presidido por Annan, o ex-secretário-geral pediu a criação de um fundo para ajudar a adaptação das comunidades mais vulneráveis ao aquecimento climático.

"Devemos fazer uma justiça climática. Como comunidade internacional, devemos reconhecer que os poluidores devem pagar e não os mais pobres e mais vulneráveis", afirmou Annan.

O Fórum analisará durante dois dias a forma de associar política, economia, diplomacia e desenvolvimento para adaptar a sociedade à mudança climática, que segundo Annan "é um dos mais importantes desafios de nosso tempo".

hmn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG