Ex-reféns americanos das Farc recebem condecoração militar

Três ex-funcionários terceirizados do Pentágono, mantidos por mais de 5 anos como reféns da guerrilha colombiana das Farc, foram condecorados nesta quinta-feira pelo Comando Sul dos Estados Unidos em reconhecimento ao serviço prestado ao país, constatou a AFP.

AFP |

O chefe do Comando Sul, almirante James Stavridis, entregou a "Medalha de Defesa da Liberdade" a Keith Stansell, Marc Gonsalves e Thomas Howes, que haviam sido sequestrados pela guerrilha colombiana depois da queda do avião em que estavam na selva, em fevereiro de 2003, quando realizavam tarefas contra o narcotráfico no sul da Colômbia.

O Exército colombiano os resgatou em julho de 2008 junto com a ex-candidata colombiano-francesa Ingrid Betancourt e 11 militares e policiais.

A "Medalha de Defesa da Liberdade" foi criada para homenagear civis do Departamento de Defesa americano feridos ou mortos em consequencia dos ataques de 11 de setembro de 2001, informou o Comando Sul.

jco/dk/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG