Ex-refém das Farc propõe negociar, no Brasil, troca de seqüestrados

O ex-deputado colombiano Sigifredo López, libertado nesta quinta-feira pelas Farc, propôs que se negocie, no Brasil, a troca humanitária de 22 militares e policiais que continuam em poder da guerrilha por cerca de 500 rebeldes presos, sendo três deles nos Estados Unidos.

AFP |

Depois de sugerir que essa negociação com as Farc seja feita pela senadora Piedad Córdoba e pelo ex-presidente da Conferência Episcopal da Colômbia, monsenhor Luis Augusto Castro, López pediu que "se sentem uma semana no Brasil para decidir a logística" dessa troca.

Em entrevista coletiva em Cali (sudoeste), ele propôs ainda que o governo de Luiz Inácio Lula da Silva e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICR) se encarreguem da logística dessa "troca humanitária".

cop-pro/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG