Tamanho do texto

Marc Gonsalves, um dos três reféns americanos em poder das Farc libertados semana passada, depois de operação militar na Colômbia, afirmou nesta segunda-feira que os membros da guerrilha não são revolucionários como se fazem crer, mas terroristas.

"Não se trata de um grupo revolucionário. São terroristas", frisou, nas primeiras declarações públicas desde a libertação na quarta-feira passada pelo exército colombiano junto com outros 14 reféns, entre eles dois outros americanos e a franco-colombiana Ingrid Betancourt.

ar/cd/sd