desespero de Morales e Chávez, dizem EUA - Mundo - iG" /

Expulsões refletem desespero de Morales e Chávez, dizem EUA

WASHINGTON (Reuters) - O Departamento de Estado dos Estados Unidos disse nesta sexta-feira que informou a Venezuela sobre a expulsão de seu embaixador em Washington, em mais um episódio da crise diplomática entre o país norte-americano e líderes de esquerda da América Latina. Lamentamos a ação dos dois, do presidente Hugo Chávez e do presidente Evo Morales, que expulsaram nossos embaixadores da Venezuela e da Bolívia, respectivamente, disse o porta-voz do Departamento de Estado Sean McCormack a jornalistas.

Reuters |

'Isso reflete a fraqueza e o desespero desses líderes enquanto enfrentam desafios internos', acrescentou.

A decisão dos Estados Unidos de expulsar o embaixador da Venezuela em Washington foi uma resposta ao anúncio do país sul-americano de mandar embora o representante norte-americano em Caracas.

Chávez expulsou o embaixador norte-americano pouco depois que a Bolívia pediu a retirada do embaixador norte-americano em La Paz, acusando-o de instigar violentos protestos no país.

O Departamento de Estado norte-americano havia dito anteriormente que as acusações do governo boliviano sobre o suposto papel instigador do embaixador de Washington em La Paz são infundadas.

Antes de os Estados Unidos expulsarem o embaixador venezuelano em Washington, Chávez disse que retiraria seu enviado da capital norte-americana.

'Informamos o embaixador venezuelano que ele será expulso e que deve deixar os Estados Unidos', disse McCormack. 'Creio que o presidente Chávez disse que pediria sua retirada. Não posso dizer se ele está aqui ou não, mas está expulso', acrescentou.

'As acusações dirigidas aos nossos embaixadores pelos líderes de Bolívia e Venezuela são falsas, e os líderes destes países sabem', afirmou McCormack. 'A única coisa que queremos derrubar é a pobreza', acrescentou.

Na quinta-feira, Chávez repetiu uma ameaça que já havia feito diversas vezes, de suspender o abastecimento de petróleo venezuelano para os Estados Unidos, seu maior cliente. A Venezuela tem algumas das maiores reservas do hidrocarboneto fora do Oriente Médio e, apesar dos enfrentamentos do presidente com o governo Bush, é um importante fornecedor para os norte-americanos.

(Reportagem de Arshad Mohammed)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG