Expulsão de imigrantes ilegais da França aumenta 80% no início de 2008

Paris, 19 jun (EFE).- O número de imigrantes ilegais expulsos da França nos cinco primeiros meses do ano aumentou 80% em relação ao mesmo período de 2007, anunciou hoje o ministro de Imigração francês, Brice Hortefeux.

EFE |

Entre os últimos meses de janeiro e maio, 14.660 imigrantes ilegais foram "reconduzidos à fronteira", número superior aos 8.117 dos cinco primeiros meses de 2007, disse Hortefeux em entrevista coletiva.

Segundo o ministro, entre junho de 2007 e o mês passado, um total de 29.729 imigrantes ilegais foram "afastados", um aumento de 31% em comparação com os doze meses anteriores.

Hortefeux insistiu que não só cresce o número de ilegais expulsos, mas também o de "saídas voluntárias", que em um ano aumentou 374%, chegando a mais de oito mil.

Sobre a imigração legal, o ministro francês disse estar satisfeito por ter começado o movimento de reequilíbrio a favor dos imigrantes profissionais com a conseqüente redução da reunificação familiar.

De acordo com Hortefeux, o número de imigrantes profissionais subiu mais de 36% em um ano, uma tendência que será confirmada no decorrer de 2008.

O ministro afirmou que este ano a porcentagem de imigrantes profissionais beira 16%, índice mais que os 7% de 2006, e lembrou que o objetivo do presidente francês, Nicolas Sarkozy, é reduzir a imigração pela reunificação familiar em até 50% e elevar para esse mesmo nível a imigração profissional. EFE al/fh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG