infeliz , diz Otan - Mundo - iG" /

Expulsão de diplomatas na Rússia é infeliz , diz Otan

Bruxelas, 6 mai (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) considerou hoje a suspensão das credenciais diplomáticas de dois de seus funcionários em Moscou como infeliz e contraproducente com os esforços para restaurar o diálogo e a cooperação com a Rússia.

EFE |

Entretanto, a entidade destacou que a decisão de retomar as relações formais bilaterais "permanece".

O secretário-geral da organização, Jaap de Hoop Scheffer, afirmou em comunicado que, "como foi decidido na recente cúpula de Estrasburgo (França), a Otan decidiu retomar as relações com a Rússia".

A Chancelaria russa informou hoje que a chefe do Escritório de Informação da Otan em Moscou e outro funcionário dessa instituição foram privados de suas respectivas credenciais diplomáticas em resposta à expulsão de dois diplomatas russos de Bruxelas.

"A decisão russa é muito infeliz e contraproducente com nossos esforços de restaurar o diálogo e a cooperação. A Otan lamenta profundamente a ação russa e considera que não tem nenhuma justificativa", acrescentou Scheffer.

A Otan explica que o embaixador canadense em Moscou, o que proporciona o status diplomático aos dois funcionários afetados, recebeu hoje uma ligação do Ministério de Assuntos Exteriores russo para informá-lo que tal condição tinha sido revogada.

Esta ação representa o fim da missão dos dois funcionários em Moscou, e, dado que eram os únicos estrangeiros no Escritório de Informação, "o trabalho continuará, embora significativamente afetado".

O status diplomático é parte do memorando pelo qual se estabeleceu este escritório, cuja missão é contribuir para uma melhor compreensão das relações entre a Otan e a Rússia dentro deste país. EFE met/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG