Um ex-procurador militar chileno sob a ditadura de Augusto Pinochet (1973-1980), Alfonso Podlech, detido no dia 30 de julho na Espanha, foi entregue hoje às autoridades italianas, informaram fontes judiciais em Roma.

Podlech estava hoje à noite numa cela da prisão romana de Rebibbia e será interrogado amanhã, quinta-feira, pelo juiz Giancarlo Capaldo do tribunal de Roma.

Alfonso Podlech Michaud havia sido preso em Madri a pedido da justiça italiana pelo desaparecimento de quatro ítalo-chilenos, como parte da Operação Condor, entre eles o ex-sacerdote Omar Venturelli, que desapareceu em Temuco, sul do país, pouco depois do golpe de 1973.

Podlech também é procurado pela França pelo desaparecimento do cidadão francês Etienne Pesle, que também ocorreu em Temuco em 1973.

kv/kd/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.