não sectária - Mundo - iG" /

Ex-primeiro-ministro iraquiano apresenta coalizão não sectária

Bagdá, 16 jan (EFE).- O ex-primeiro-ministro iraquiano Ayad Allawi apresentou hoje em Bagdá uma nova aliança não sectária sob o nome de Al Iraqiya, que tentará disputar o maior número de cadeiras possível nas eleições parlamentares de 7 de março.

EFE |

A Al Iraqiya é formada por 63 grupos políticos e diversas personalidades, informou hoje a legenda em comunicado.

A nova aliança é na realidade uma ampliação da plataforma anunciada no final de outubro pelo xiita laico Allawi e o sunita Sadek al Mutlek, cuja candidatura foi vetada pelas autoridades devido a sua suposta conivência com o partido Baath, do ex-ditador Saddam Hussein, atualmente ilegal.

Compareceram à cerimônia de apresentaçãoo vice-presidente sunita Tareq al-Hashemi, que preside a coalizão política Taydid; Zafer al Ani, presidente da Lista do Futuro; o nacionalista Osama al Nayif, coordenador da coalizão Iraquiun; assim como personalidades políticas, acadêmicas e tribais.

Allawi insistiu no enfoque nacionalista desta aliança em contraposição ao sectarismo que caracteriza a vida política iraquiana.

Em sua fala, criticou o atual Governo, acusando-o de ter fracassado no papel de garantir aos cidadãos o acesso aos serviços básicos, de "levar ao país o caos" e de ser incapaz de protegê-los.

Até o momento, 165 partidos políticas reunidas em 12 coalizões diferentes se registraram para concorrer às próximas eleições parlamentares, nas quais disputarão as 325 cadeiras do novo Parlamento. EFE am/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG