Ex-presidente taiuanês é detido por suposta corrupção e lavagem de dinheiro

Taipé, 11 nov (EFE).- O ex-presidente taiuanês Chen Shui-bian foi detido hoje em relação a casos de suposta corrupção e lavagem de dinheiro, informou hoje o porta-voz da Promotoria Anticorrupção, Chen Yun-nan.

EFE |

A detenção aconteceu depois de mais de seis horas de interrogatório e em um ambiente de tensão entre os partidários e opositores de Chen, reunidos nos arredores da Promotoria.

Chen, em um discurso emotivo antes do interrogatório, disse que esperava sua detenção "por ordem do presidente Ma Ying-jeou", que queria apaziguar as iras da liderança chinesa contra sua postura independentista.

"Sou o obstáculo principal para a união planejada pelo governante Partido Kuomintang (KMT) e o Partido Comunista da China (PCCh)", afirmou Chen, antes de finalizar seu pronunciamento com vivas a Taiwan e à independência da ilha.

Comentaristas na ilha temem que a detenção de Chen provoque distúrbios, por parte de grupos independentistas que considerem que sua detenção seja motivada politicamente.

O ex-presidente taiuanês desdobrou nas últimas semanas uma forte atividade política, com discursos nos quais pede a criação urgente de uma Taiwan independente da China. EFE flp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG