Tamanho do texto

O ex-presidente haitiano Jean Bertrand Aristide, exilado na África do Sul desde sua saída do país em 2004, lamentou as vítimas causadas pelo terremoto em seu país.

"Minha esposa e eu estamos com o povo de nosso país e lamentamos a morte e a destruição provada pelo terremoto. É uma tragédia inenarrável. Uma tragédia que deve incentivar em todos o máximo da solidariedade da da compaixão humana", afirmou.

"Da África, berço ancestral do Haiti, enviamos nossas profundas condolências e nosso amor aos milhares de crianças, mães, pais, irmãos e irmãs que mais estão sofrendo", destaca em seu comunicado.

gs/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.