Ex-presidente finlandês destaca trabalho na Namíbia após receber Nobel

Oslo, 10 out (EFE) - O ex-presidente finlandês Martti Ahtisaari expressou hoje satisfação e alegria após receber o Prêmio Nobel da Paz por seu papel como mediador em conflitos internacionais. Naturalmente, estou muito satisfeito com a decisão do Comitê Nobel. E também contente, destacou Ahtisaari em declarações à emissora pública norueguesa NRK pouco após ser anunciado o resultado o prêmio.

EFE |

"A mais importante de minhas missões foi certamente a da independência da Namíbia. Fiquei ocupado com esse processo durante 13 anos. Aceh e Kosovo foram também muito importantes", disse o ex-presidente finlandês.

Ele ressaltou que o dinheiro do prêmio o ajudará "a financiar meu instituto Crise Management Initiative", o qual necessita de fundos.

Com o prêmio, o Comitê Nobel de Oslo quis reconhecer os "grandes esforços feitos (por Ahtisaari) em diferentes continentes e durante mais de três décadas para resolver conflitos internacionais".

Ahtissari, nascido em 1937, foi presidente da Finlândia entre 1994 e 2000, e desde então se distinguiu por suas diversas ações como mediador de conflitos.

O político finlandês era um dos indicados como possível vencedor do Nobel já há alguns anos. EFE alc/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG