Ex-presidente do Real Madrid é solto e nega ter sido acusado

Córdoba, 26 set (EFE).- O ex-presidente do Real Madrid Lorenzo Sanz, que hoje foi detido por relação com um suposto delito de fraude, foi posto em liberdade e disse que não é acusado de absolutamente de nada.

EFE |

O ex-presidente do Real, que saiu das dependências policiais por volta das 22h, na hora local, explicou que foi posto em liberdade sem acusações porque não tinha relação direta com os fatos.

Segundo ele, seriam as outras duas pessoas que teriam tentado fazer operações ilícitas com notas promissórias envolvendo grande quantidade de dinheiro.

"Foi um tema sobre o qual não temos nada a ver e no qual nos quiseram envolver", por isso que "esclarecemos isso com a Polícia", disse.

Segundo ele, o problema foi ter que esperar que seu advogado saísse de Madri para Córdoba, onde havia sido detido hoje à tarde.

EFE jvr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG