Ex-presidente da Coreia do Sul é encontrado morto

O ex-presidente da Coreia do Sul Roh Moo-hyun morreu, na manhã deste sábado (horário local), em decorrência de ferimentos na cabeça causados por uma queda enquanto escalava uma montanha, informou a polícia.

BBC Brasil |

Reuters
Homem lamenta a morte de Roh na Coreia do Sul

Homem lamenta a morte de Roh na Coreia do Sul

De acordo com a agência sul-coreana Yonhap, Roh, que tinha 62 anos, teria saído de sua casa na manhã deste sábado para caminhar.

Pouco depois, ele foi encontrado com diversos ferimentos no cabeça e levado para um hospital na cidade de Pusan, no sul do país, onde acabou morrendo.

Bilhete

Segundo a agência Yonhap, o advogado de Roh, Moon Jae-in, afirmou, em uma coletiva de imprensa após a morte do ex-presidente, que ele teria deixado um bilhete suicida antes de sair de casa.

"Roh deixou sua casa por volta de 5h45 para caminhar. Ele aparentemente pulou de uma rocha por volta de 6h40. Ele estava acompanhado de um segurança", disse o advogado. "Ele deixou um breve bilhete suicida", disse Moon na coletiva de imprensa.

Acusações

Roh, que foi presidente da Coreia do Sul entre 2003 e 2008, estava sendo investigado por supostamente ter recebido US$ 6 milhões em propinas de um empresário enquanto estava no cargo.

As acusações sobre o recebimento de propinas foram levantadas no mês passado. Em um pronunciamento transmitido pela televisão, também no mês passado, ele pediu desculpas pelo escândalo. "Me sinto envergonhado perante meu compatriotas. Sinto muito por desapontá-los", disse.

Em um comunicado publicado em seu website em abril, Roh admitiu que sua mulher recebeu uma grande soma de dinheiro de um empresário, mas afirmou que não se tratava de propina, e, sim, de uma ajuda para que ela pagasse uma dívida.

Em 2004, ele foi suspenso do cargo após o Parlamento sul-coreano ter votado pelo seu impeachment por crimes eleitorais. A medida, no entanto, foi derrubada pela Corte Constitucional do país e ele voltou à Presidência.

Leia mais sobre Coreia do Sul

    Leia tudo sobre: coreia do sulcoréia do sul

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG