Ex-presidente colombiano elogia oferta de mediação de Cuba

Bogotá, 17 mai (EFE).- O ex-presidente colombiano Ernesto Samper afirmou hoje que é bem-vinda a oferta de Cuba de fazer mediação para a libertação do militar Pablo Emilio Moncayo, refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) há 11 anos e meio.

EFE |

Ele também pediu ao Governo da Colômbia para ser mais flexível e permitir o retorno do sequestrado.

Em entrevista à emissora "Caracol Radio", o ex-líder (1994-1998) ressaltou que todas as gestões que forem feitas de boa vontade são muito úteis, e "se o Governo cubano pode fazer algo neste sentido, é muito bem-vindo".

No entanto, explicou que, "na verdade, Cuba não pode oferecer nada diferente do que pode oferecer qualquer outro país, que são garantias para que se possa fazer a operação em temas logísticos como o Brasil já ofereceu e voltou a oferecer", disse.

O embaixador de Cuba na Colômbia, José Antonio Pérez, assegurou este sábado que Havana está disposta a oferecer sua mediação para a entrega do cabo do Exército, sempre e quando o Governo e os rebeldes concordarem com isso, segundo afirmou uma emissora local.

Samper indicou que o tema central agora é a posição assumida pelo presidente colombiano, Álvaro Uribe, no sentido de não permitir que assistam ao ato de libertação o pai do militar, o professor Gustavo Moncayo, e a senadora de oposição Piedad Córdoba.

"Parece-me que o verdadeiro intransigente neste momento para a libertação de Moncayo é a atitude do presidente de se opor a esta participação por considerar que isto se prestaria a um 'show' político", afirmou.

O ex-líder indicou que o verdadeiro "show" consiste em rejeitar a participação da senadora Córdoba na entrega do refém, uma das vozes mais críticas ao Governo de Uribe e escolhida pelos rebeldes para participar da libertação.

Samper acrescentou que não se trata de um tema de simpatias políticas entre Uribe e Córdoba, e sim da vida de sequestrados pelas Farc. EFE fer/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG