Ex-presidente colombiano é citado em processo de desaparecimento

Bogotá, 25 jul (EFE) - O ex-presidente Belisario Betancur foi citado hoje a comparecer pela defesa de um coronel aposentado e que é processado por desaparecimento no caso do Palácio de Justiça, ocupado por guerrilheiros em 1985, informaram fontes judiciais.

EFE |

A citação do ex-governante do Partido Conservador (1982-1986) foi solicitada durante o julgamento do coronel Alfonso Plazas Vega, então responsável pela operação da retomada do Palácio de Justiça de Bogotá.

Para a defesa, é importante que Betancur explique quais foram os procedimentos seguidos para ordenar a retomada da sede judicial, ocupada entre 6 e 7 de novembro de 1985 por guerrilheiros do dissolvido Movimento 19 de Abril (M-19).

Também foram citados como testemunhas os generais (aposentados) Rafael Zamudio Molina e Jesús Armando Arias Cabrales, como comandantes e chefes da operação.

As fontes destacaram que Betancur poderá responder às perguntas através de declarações juramentadas sem que tenha que se apresentar na sala da audiência, por se tratar de um ex-presidente.

Plazas Vega é processado por suposta responsabilidade no desaparecimento de onze empregados da cafeteria do destruído Palácio de Justiça e da guerrilheira do M-19 Irma Franco, enquanto os generais aposentados deverão assinalar quais eram as funções do ex-coronel na operação de retomada. EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG