O ex-presidente americano Bill Clinton elogiou nesta quarta-feira a equipe formada pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, mas evitou apaludir diretamente a nomeação de sua esposa, Hillary Clinton, para a secretaria de Estado.

"Estou totalmente convencido, e podem dizer que tenho um interesse pessoal em dizer isso, de que o presidente eleito Obama reuniu uma equipe econômica muito boa e uma boa equipe de segurança nacional", afirmou Clinton durante o discurso de encerramento de uma reunião de líderes políticos e empresariais celebrada em Hong Kong, provocando risos na platéia pela referência velada à sua esposa.

O ex-presidente se esforçou para não fazer comentários sobre a nomeação de Hillary Clinton durante a reunião asiática da Clinton Global Initiative, em sua primeira aparição pública desde à divulgação da notícia esta semana.


Obama anuncia Hillary Clinton como futura secretaria de Estado / AP

Clinton insistiu que a nova administração não deve evitar, devido à crise financeira, de abordar questões mundiais difíceis como a mudança climática e a necessidade de saúde e educação nos países mais desfavorecidos.

"As dificuldades atuais não são uma desculpa para nada, são um motivo para se esforçar e fazer mais", acrescentou.

Bill Clinton concordou em publicar os nomes dos mais de 200.000 doadores de sua fundação de caridade como parte do acordo com Obama para permitir a nomeação de sua esposa para a secretaria de Estado.

Ele também garantiu que não realizará eventos da Clinton Global Initiative fora dos Estados Unidos.

Leia mais sobre Obama

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.