Ex-premiê francês desafia Sarkozy com novo partido

Por Elizabeth Pineau PARIS (Reuters) - O ex-primeiro-ministro francês Dominique de Villepin anunciou a criação de um novo partido de centro-direita na quinta-feira, com o qual deverá disputar com o presidente Nicolas Sarkozy, seu rival, nas eleições daqui a dois anos.

Reuters |

A iniciativa de um dos críticos mais mordazes de Sarkozy dentro do campo conservador ocorre no momento em que o presidente se esforça para se recuperar de uma amarga derrota nas eleições regionais do fim de semana.

"Decidi criar um novo movimento político que será livre e independente", disse Villepin numa entrevista coletiva, acrescentando que o partido será lançado em Paris no dia 19 de junho.

Ex-diplomata aristocrático, Villepin disse que seu movimento defenderá uma abordagem mais equitativa. "O lema de nossa luta será uma república de solidariedade", afirmou.

O anúncio de Villepin está entre os vários sinais de que os preparativos para a eleição presidencial de 2012 já estão a caminho e de que Sarkozy, visto anteriormente como uma quase certeza para a reeleição, poderá enfrentar uma disputa mais difícil do que o esperado.

Nos últimos anos Sarkozy desfrutou da chance de ver os opositores socialistas brigando entre si, mas a candidatura de Villepin na eleição de 2012 poderá rachar o eleitorado conservador e salientar as divisões dentro do partido de Sarkozy, o UMP.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG