Exposição em Mineápolis dá toque histórico à febre presidencial dos EUA

St. Paul (EUA.

EFE |

), 4 set (EFE) - Se duas convenções não são suficientes para saciar a fome presidencial dos americanos, uma exposição com uma reprodução em escala real do avião presidencial Air Force 1 deve ser suficiente.

Durante a convenção nacional republicana, que termina hoje em St.

Paul, o Centro de Convenções de Mineápolis (a cidade "gêmea" da capital de Minnesota) se transformou na sede de uma exposição visitada por milhares de pessoas para contemplar uma variada gama de objetos presidenciais.

Além da reprodução do Air Force 1 - sempre popular para fotografias que simulam a descida do famoso avião -, a exibição contém duas das limusines presidenciais.

A mais antiga foi usada por Franklin Delano Roosevelt e contava com uma rampa para facilitar a movimentação do presidente, confinado a uma cadeira de rodas após contrair poliomielite em 1921.

A segunda é o protótipo construído pela marca Cadillac em 1986 e usado para desenvolver a limusine que depois seria usada pelo presidente Ronald Reagan.

No entanto, talvez uma das 35 mostras nas quais se divide a exposição e que é mais atraente para os visitantes é o modelo em escala da Casa Branca, uma autêntica casa de bonecas de 18,3 metros de comprimento por 6,1 de largura que já foi exibida no Instituto Smithsoniano.

Outra curiosidade da exposição são os documentos relativos aos quatro presidentes do Congresso Continental e os dez presidentes que precederam a nomeação de George Washington em 1789, um dos aspectos menos conhecidos da história do país. EFE jcr/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG