Exportações fracas garantem contração do PIB alemão no 3o tri

BERLIM (Reuters) - O desempenho da balança comercial derrubou o Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha no terceiro trimestre, jogando a maior economia da Europa em recessão pela primeira vez em cinco anos, mostraram dados oficiais divulgados nesta terça-feira. De acordo com a agência federal de estatísticas alemã, a economia do país teve contração de 0,5 por cento no período de julho a setembro, em comparação com o trimestre anterior, em linha com os dados preliminares divulgados no início de novembro.

Reuters |

O PIB alemão contraiu 0,4 por cento no segundo trimestre, informou a agência.

Na avaliação de Carsten Brzeski, economista da ING Financial Markets, o enfraquecimento da economia alemã vai continuar.

"Puxado pelo derretimento do setor industrial, o impacto completo da crise financeira sobre a economia real só será sentido no quarto trimestre", disse.

A contração do terceiro trimestre foi garantida pela balança comercial, que cortou 1,7 ponto percentual do resultado trimestral, disse a agência de estatísticas. As exportações recuaram 0,4 por cento no trimestre, enquanto as importações subiram 3,8 por cento.

A Alemanha é a maior exportadora de produtos do mundo desde 2003, lucrando num período de forte crescimento global. Mas como a situação se deteriorou em muitos mercados, a grande exposição da Alemanha à economia global representa perdas ao país.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG