Exportações chinesas registram primeira queda desde 2001

Números divulgados pelo governo da China nesta quarta-feira revelam que as exportações do país caíram 2,2% em novembro em comparação ao mesmo período do ano passado. Esta é a primeira vez em sete anos que as exportações regridem em relação ao período anual anterior.

BBC Brasil |

Desde junho de 2001 que as vendas ao exterior mostravam avanços.

Apesar de registrar queda, as exportações ainda superam as importações. Em novembro, o saldo da balança comercial chinesa ficou positivo em US$ 40,09 bilhões.

Queda já aguardada

A queda nas exportações já era aguardada pelos analistas, que esperavam ver refletir nos números da China a falta de crédito aos consumidores nos Estados Unidos e Europa.

Em outubro as exportações chinesas haviam registrado evolução positiva, totalizando US$ 128 bilhões, o que é uma alta de 19,2% comparado com outubro de 2007.

As indústrias manufatureiras exportadoras têm sido fortemente atingidas pela crise mundial.

Fábricas de segmentos como brinquedos, sapatos e têxteis estão fechando as portas e demitindo milhares de funcionários.

Somente no delta do rio das Pérolas, região no sul da China próxima de Hong Kong que concentra as manufatureiras exportadoras, mas de dez mil fábricas já encerraram operações somente neste ano.

Leia mais sobre exportação

    Leia tudo sobre: exportação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG