Expo Zaragoza encerra fórum internacional sobre água

Zaragoza (Espanha), 12 set (EFE).- A Tribuna da Água da Exposição Internacional de Zaragoza, que contou com participação brasileira, concluiu hoje sua atividade com uma cerimônia em que seu diretor, Eduardo Mestre, disse que é necessário um novo paradigma para enfrentar os desafios relacionados ao tema.

EFE |

Ao longo de 90 dias, o pavilhão da Tribuna da Água, que os organizadores da Expo 2008 denominaram como o "maior congresso de água na Terra", realizou 110 sessões temáticas nas quais participaram 2.316 especialistas e 17 mil pessoas.

Mestre expressou sua confiança em que o legado deste fórum de debate e reflexão contribua para que os seres humanos vivam em um mundo em que a água tenha um sentido diferente.

Neste ponto, ressaltou que é preciso avançar rumo a novos modelos, já que a fórmula que atribuía aos poderes públicos o papel predominante deve dar passagem a outra.

Segundo Mestre, é o momento em que se deve difundir e financiar o início do que foi possível nestes três meses, nos quais não se falou de problemas, mas de propostas e soluções.

Após assegurar que o legado da Tribuna da Água deve ser compartilhado, ele disse que o melhor está por vir.

"Temos certeza que não vamos ter que enfrentar conflitos de água" e, já que "temos os recursos", só "temos que unir as vontades", ressaltou. EFE jdm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG