Pelo menos 25 pessoas morreram em uma explosão no sistema de metrô de Moscou, na Rússia, na manhã desta segunda-feira. Uma segunda explosão aconteceu alguns minutos depois.

A primeira explosão ocorreu na estação central de Lubyanka, segundo fontes de segurança. Pelo menos dez pessoas ficaram feridas, de acordo com a agência de notícias russa Tass.

Uma porta-voz do ministério de Emergências disse que 14 pessoas morreram em um dos trens e 11 na plataforma.

"A explosão atingiu o segundo vagão do trem que parou em Lubyanka, às 7h56 (0h56, no horário de Brasília)", disse a porta-voz Irina Andrianova, segundo a agência Tass.

"Não houve fogo. Equipes de resgate dos serviços russos de emergência e bombeiros estão trabalhando no local."
A sede do Serviço de Segurança Federal da Rússia fica acima da estação de metrô.

A segunda explosão ocorreu na estação de Park Kultury, também segundo a agência, às 8h38 (1h38, no horário de Brasília). Ainda não está claro quantas pessoas ficaram feridas neste incidente. De acordo com um dos relatos, até 15 pessoas podem ter morrido na segunda explosão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.