Explosões em hotéis de luxo deixam ao menos seis mortos na Indonésia

Pelo menos seis pessoas morreram e 18 ficaram feridas em atentados com bomba cometidos contra dois hotéis de luxo em Jacarta, a capital da Indonésia, informou a Polícia. Quatro delas são estrangeiras e estavam no saguão do hotel Marriott, segundo o coronel Fiman Bundi.

Redação com Agência EFE |

O outro hotel atingido é o Ritz Carlton, segundo a rede de TV Metro. As primeiras informações são de que os dois estabelecimentos sofreram vários danos com as explosões, ocorridas com uma diferença de aproximadamente cinco minutos, segundo moradores da vizinhança. Os feridos foram transferidos em automóveis particulares e em ambulâncias para hospitais da região.

Os dois hotéis foram isolados e vários prédios próximos a eles começaram a ser desocupados pelas autoridades, segundo testemunhas.

Em 7 de agosto de 2003, 12 pessoas morreram num atentado perpetrado contra o Marriott de Jacarta. O ataque foi atribuído ao grupo Gema'a Islamiya, considerado o braço da Al Qaeda no Sudeste Asiático.


Leia mais sobre: Indonésia

    Leia tudo sobre: atentadosindonésiaterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG