Explosões em eleições no Iraque já causaram 1 morte

BAGDÁ - Pelo menos uma pessoa morreu e várias ficaram feridas nas inúmeras explosões que ocorreram hoje em diferentes pontos de Bagdá após a abertura dos colégios eleitorais.

iG São Paulo |

Fontes do Ministério do Interior disseram que o atentado mais grave, por enquanto, foi em um edifício do sudoeste de Bagdá, onde a explosão de uma bomba matou um civil e feriu outras quatro pessoas.

Pedido do primeiro-ministro

O primeiro-ministro do Iraque, Nouri Maliki, fez um apelo para que os eleitores do país compareçam às urnas para a votação que vai escolher novos membros do Parlamento.

Em um pronunciamento em rede nacional de televisão na noite deste sábado, Maliki disse que a participação do eleitor vai dar um impulso à democracia no Iraque.

"Peço a vocês para se beneficiarem da democracia com consciência. Vocês têm que ir às urnas e participarem ativamente destas eleições", afirmou.

A segurança foi reforçada em todo o país: a fronteira com o Irã foi fechada e milhares de soldados foram destacados para acompanhar a votação em várias localidades.

Com BBC e EFE

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG