Pelo menos 12 pessoas morreram em duas explosões em uma estação de trem na Argélia, ao leste da capital, neste domingo, segundo informações locais. A primeira explosão na cidade de Beni Amrane, na região de Bourmedes, causou a morte de um cidadão francês e seu motorista argelino.

A segunda bomba explodiu minutos depois, no mesmo local, quando equipes de resgate chegaram à cena. Até agora, ninguém assumiu a autoria dos atentados.

Na quinta-feira, um outro atentado a bomba atribuído a militantes islâmicos provocou a morte de seis soldados na mesma província. Na quarta-feira, um quartel no leste da capital, Argel, foi atacado.

As forças de segurança argelinas atribuem a série de ataques ao braço da al Qaeda no norte da África. Em dezembro passado, 41 pessoas, entre elas 17 funcionários da ONU, foram mortas em um atentado com caminhão bomba em Argel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.