Explosões de gás matam doze mineiros na Romênia

Doze mineiros morreram e outros dez ficaram feridos em conseqüência de duas explosões de gás na mina de Petrila, sudoeste da Romênia, neste sábado, anunciou o ministro do Interior da Romênia, Cristian David.

AFP |

Foi um dos mais graves acidentes em minas registrados nos últimos anos no país.

A primeira explosão matou oito trabalhadores.

Segundo David, uma segunda explosão aconteceu ao amanhecer, quatro horas depois da primeira, quando três socorristas desciam a mina para tentar resgatar os corpos das vítimas. Um quarto integrante das equipes de socorro morreu em conseqüência dos ferimentos.

Após a segunda explosão, todos os socorristas receberam ordens de voltar à superfície.

Os feridos foram levados para o hospital de Hunedoara, informou a porta-voz dos serviços de emergência, Anemona Doda. Seis deles, que se encontram em estado grave, foram submetidos a cirurgias.

"A explosão aconteceu a uma profundidade de 950 metros, devido a um acúmulo de metano", explicou Daniel Surulescu, diretor da Companhia Nacional de Carvão.

mr/fp/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG