Explosão perto de ponto de ônibus fere 30 pessoas na Índia

SRINAGAR, Índia (Reuters) - Pelo menos 30 pessoas, incluindo 10 crianças, ficaram feridas na Caxemira na sexta-feira, quando supostos militantes separatistas atiraram uma granada perto de um ponto de ônibus lotado, disse a polícia. Nenhum grupo assumiu ainda a responsabilidade pelo ataque, que tinha como alvo a patrulha de segurança da cidade de Banihal, a capital tropical da Caxemira.

Reuters |

'Entre os feridos, há funcionários da segurança e crianças que iam à escola', disse uma autoridade policial.

Na quinta-feira, um morador foi morto e seu filho ficou seriamente ferido quando uma bomba explodiu em uma área vizinha à região de Awantipora.

O ataque acontece às vésperas das negociações entre a Índia e o Paquistão, na semana que vem.

Autoridades dizem que a violência envolvendo as tropas indianas e os militantes separatistas diminuiu na Caxemira desde que os dois países, que já travaram um conflito pela região, começaram um lento processo de paz em 2004.

Mas nenhum progresso significativo foi alcançado em relação à Caxemira, que tem maioria muçulmana.

(Reportagem de Sheikh Mushtaq)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG