CABUL, 9 de julho 10:56 (Reuters) - Uma explosão diante de uma escola ao sul da capital afegã nesta quinta-feira deixou pelo menos 25 mortos, incluindo 15 estudantes, enquanto combatentes do Taliban invadiram um distrito próximo à fronteira com o Paquistão, após combates pesados. A explosão na província de Logar e os choques armados no leste de Nuristan foram os incidentes mais recentes na escalada de violência vista em todo o Afeganistão desde que, uma semana atrás, fuzileiros navais dos EUA lançaram uma grande ofensiva em Helmand, região que é reduto do Taliban.

Essa ofensiva, a Operação Golpe da Espada, é a primeira grande operação lançada dentro da nova estratégia regional anunciada pelo presidente norte-americano, Barack Obama, para derrotar o Taliban e estabilizar o Afeganistão, que terá uma eleição presidencial em 20 de agosto.

O sul e leste do Afeganistão são redutos do Taliban há muito tempo, mas nos últimos meses a insurgência crescente vem se espalhando dessas áreas para o norte do país, relativamente mais seguro, e até mesmo para os arredores da capital Cabul.

Autoridades disseram que o ataque em Logar foi provocado por explosivos escondidos sob uma pilha de lenha na traseira de um caminhão que se acidentou durante a noite, motivando especulações de que os explosivos talvez fossem destinados a um ataque em outro lugar.

O chefe de polícia de Logar, Ghulam Mustafá, disse que o caminhão caiu num riacho entre duas escolas. A explosão aconteceu pela manhã, quando a polícia examinou o caminhão abandonado.

(Por Hamid Shalizi e Paul Tait)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.