Explosão perto de delegacia deixa policial ferido

Santiago do Chile, 10 set (EFE).- Uma bomba de fabricação caseira que explodiu na madrugada de hoje perto de uma delegacia no centro de Santiago do Chile deixou um policial ferido e causou danos materiais, informou a imprensa local.

EFE |

A bomba estava debaixo de um veículo estacionado cerca de vinte metros de uma delegacia situada em pleno centro da capital chilena.

O cabo Juan Carlos Álvarez foi trasladado ao Hospital de Carabineiros com danos no ouvido. Além disso, a bomba danificou alguns automóveis e provocou a ruptura dos vidros dos edifícios da zona.

"Não há nenhum tipo de sinal ou recado que nos pudesse indicar a autoria", declarou à imprensa o general inspetor de Carabineiros Raúl Arellano, chefe da Zona Metropolitana da capital chilena.

Nos dois últimos anos se registraram no Chile ao redor de uma centena de explosões de artefatos de fabricação caseira.

A Polícia atribui estas ações violentas a grupos isolados de inspiração anarquista.

Estes ataques se intensificam em datas próximas ao Dia do Jovem Combatente (29 de março) e ao aniversário do golpe militar de Augusto Pinochet (11 de setembro).

Agentes do Grupo de Operações Policiais Especiais (Gope) se deslocaram ao lugar do atentado e recolheram amostras da bomba, que ao contrário de outras ocasiões não foi detonada mediante um mecanismo de relojoaria, mas com um pavio. EFE mf/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG