Explosão no sul do Afeganistão mata 3 soldados britânicos

Londres, 13 ago (EFE).- Três soldados britânicos morreram hoje em uma explosão registrada no sul do Afeganistão, o que eleva a 199 os mortos do Reino Unido desde que começou o conflito, em 2001, disse o Ministério da Defesa.

EFE |

Os militares -dois membros do Segundo Batalhão "Os Rifles" e um do 40º Regimento Real de Artilharia- morreram em uma explosão quando faziam uma patrulha a pé nas proximidades de Sangin, na província de Helmand.

O ministro da Defesa do Reino Unido, Bob Ainsworth, qualificou o fato de "tragédia" e lembrou que as três mortes deixam o país "muito perto do triste marco das 200 baixas neste conflito".

Oito militares britânicos morreram no Afeganistão só em agosto, depois que o Reino Unido registrou, em julho, o pior mês da disputa pela morte de 22 soldados.

O Reino Unido tem mais de oito mil soldados desdobrados no Afeganistão, a maioria concentrada no sul, como parte da Força para a Assistência à Segurança (Isaf) da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). EFE pa/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG