Explosão no Afeganistão mata quatro policiais e três civis

Bomba foi detonada em provínvia no noroeste do país no momento em que membros das forças de segurança faziam compra em açougue

EFE |

Ao menos quatro policiais e três civis morreram neste sábado, dia 4, na explosão de uma bomba detonada por controle remoto na província de Kunduz, no nordeste do Afeganistão. O fato ocorreu às 13h no horário local (5h30 de Brasília) na cidade de Kunduz, capital da província homônima.

Uma bomba explodiu no momento em que vários membros das forças de segurança faziam compras em um açougue, explicou o governador provincial, Mohammad Omar. Por enquanto, nenhum grupo terrorista reivindicou a autoria pelo ataque. Embora a cidade fique longe das principais fortificações dos insurgentes no sul e leste do país, Kunduz tem vários redutos de população pashtun, a etnia da qual procedem tradicionalmente os talibãs, e nos últimos anos foi cenário de incidentes violentos. 

Em 2010, ao menos 2,8 mil pessoas morreram por causa da violência no Afeganistão em combates e atentados.

    Leia tudo sobre: afeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG