Explosão na Nigéria deixa pelo menos 100 mortos

Lagos, 15 mai (EFE).- Pelo menos 100 pessoas morreram hoje na Nigéria após a explosão de um duto de combustíveis nos arredores de Lagos, segundo fontes da Cruz Vermelha.

EFE |

O acidente foi registrado no bairro periférico de Ijegun, quando uma escavadeira que trabalhava na ampliação de uma estrada se chocou contra o duto de combustíveis e provocou a explosão.

Os feridos já chegam a 20, alguns deles em estado grave, segundo o coordenador da Cruz Vermelha Suleman Maikubi.

Fontes das equipes de resgate assinalaram que o incêndio afetou cerca de 15 casas da região.

Teme-se que entre os falecidos haja alunos de uma escola próxima ao local da explosão, embora as equipes de resgate tenham dito, a princípio, que conseguiram salvar os jovens.

Abdullahi Mohammed, da Agência Nacional de Emergências, disse temer que o incêndio não possa ser controlado até amanhã, sexta-feira, pois até o fim da tarde não se tinha conseguido parar o fluxo do combustível.

O acidente de hoje é o último de uma série de explosões e incêndios registrados em dutos de combustíveis da Nigéria, que já deixaram centenas de mortos.

Mas, ao contrário da tragédia de hoje, os demais acidentes foram registrados pela ação de pessoas que destruíram seções dos dutos para roubar combustível.

O último acidente deste tipo foi registrado em 25 de dezembro, na cidade de Ikate, nos arredores de Lagos, e terminou com a morte de 42 pessoas.

Em 2006, em dois acidentes parecidos, cerca de 350 pessoas faleceram na área de Abule Egba, nos arredores de Lagos, e no porto de Atlas Cove, no sudoeste da cidade.

O pior incidente deste tipo foi registrado em 1998, quando mil pessoas faleceram após uma explosão em um duto de combustíveis da cidade de Jesse, no delta do rio Níger. EFE da/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG